.

.

FAÇA PARTE



Objetivos

Bem vindo ao meu BLOG, aqui falo dos mais diversos assuntos e temas referentes a minha área de atuação... tais como:

Artes Marciais, em especial do Kung Fu Wing Chun, de maneira informativa, através de artigos, curiosidades, etc...

Também sobre os mais diversos temas relacionados a Educação Física e Saúde em geral, que estão dentro da minha formação acadêmica...

Ainda mais, informações e super dicas sobre tudo que eu gosto e curto fazer...

Para o efeito, trago no BLOG informações práticas tais: como teoria, técnicas, treinamentos, endereço da minha academia, possíveis parcerias, etc. Aqui o leitor poderá contatar-me através do meu E-mail/Messenger: jocerlan23@hotmail.com ou pelo Fone: (82) 98828-4386.

LEIA SOBRE MINHA HISTÓRIA NO WING CHUN



quinta-feira, 17 de maio de 2012

Postura no wing chun mestre Jim Fung



Hoje trago um artigo que achei muito interessante e explicativo, Mestre Jim Fung, um dos alunos particulares do grão mestre Ip Man, Mestre Jim Fung trata nesse artigo de alguns detalhes sobre a postura no WING CHUN, artigo esse muito importante para um praticante, pois tudo em WING CHUN se inicia exatamente na postura, espero que gostem desse artigo da mesma forma que eu gostei...

A importância da postura do Wing Chun
Postura é um dos rudimentos do sistema Wing Chun. Muitas vezes, um aluno pode passar muitas horas refinando os pontos delicados de uma técnica, apenas para descobrir que esse tempo foi desperdiçado, porque sua postura é incorreta. Isto é um pouco como passar horas trabalhando no motor de um carro e depois de descobrir que seu veículo não está equipado com quatro rodas. Quando se conseguiu desenvolver uma postura correta, é muito mais fácil de aprender novas técnicas, o aluno é capaz de sentir o que é, ou não, trabalhar. Sem uma postura correta, nada realmente funciona, e que o aluno está operando por adivinhação. Neste artigo vou descrever os fundamentos da posição do Wing Chun.
É importante que os alunos desenvolvam uma postura razoável antes de aprender maus hábitos que podem levar algum tempo para corrigir. Muitas vezes um aluno com uma postura fraca irá cair na armadilha de usar força bruta para fazer um trabalho de técnica. Quanto mais tempo eles passam a fazer isso, mais difícil se torna para eles aprenderem o movimento corretamente.

Muito alta ou muito baixa
Os joelhos deve ser ligeiramente curvado para baixar o centro de equilíbrio e manter a estabilidade. Como acontece com todos Wing Chun é uma questão de grau. Não é suficiente para simplesmente dobrar os joelhos, tanto quanto possível. Se alguém é muito baixo na postura isso fará com que as coxas para se tornar tensa. Isto significa que o aluno falta equilíbrio. As pernas devem funcionar como amortecedores que absorvem força e transferi-lo para o chão. Isso não é possível se as coxas são tensas. Bem como sendo uma postura desequilibrada que é falta de mobilidade muito baixa vontade. Se a postura é muito alto o aluno pode também carecem de equilíbrio e, portanto, poder. Eles podem ser empurrado, como eles vão achar que é difícil para absorver a força de entrada. Não é realista para dar um certo ângulo, como correta para o grau de dobrar os joelhos. Forma do corpo, flexibilidade e musculosidade irá variar entre pessoas diferentes. Através de experiências com levantando e abaixando a postura ligeiramente os alunos devem encontrar a altura correta para sua posição.

A coisa mais importante é manter as coxas um do o mais relaxado possível. Às vezes, os estudantes estão sob a ilusão de que os joelhos devem ser mantidos juntos, a fim de se proteger contra pontapés na virilha. Enquanto segura os joelhos bem juntos possam defender contra um chute entregues entre as pernas, a consequente falta de mobilidade fará com que o praticante abertos a quase qualquer ataque outra. Além disso, você vai achar que você pode ser empurrado com facilidade. É importante que os pés estão viradas levemente para dentro. Isto ajuda a assegurar que são fornecidos através de pontapés entes linha central, protegendo assim contra ataques virilha golpeando em vez de apenas de bloqueio.

As Costas
A parte traseira deve ser reta, a fim de transferir o peso para o solo de forma eficiente. Este princípio pode ser ilustrado com uma régua de plástico. Quando um governante está em pé esticado, ele pode suportar um peso pesado. Quando a mesma quantidade de peso é colocada sobre uma régua ligeiramente curvada, a integridade estrutural foi perdida e vai entrar em colapso. Através da formação correta em Wing Chun um aluno irá desenvolver os músculos necessários para uma boa postura.
Pessoas com ferimentos nas costas irão beneficiar desta como os músculos que protegem a parte de trás são reforçados pela postura. Benefícios para a saúde adicionais podem ser encontrados no fato de relaxamento da postura. As pessoas muitas vezes levar a tensão em seus ombros. Na postura do Wing Chun no peito é espalhado aberto e os ombros são o mais relaxado possível. Isto não é fácil de alcançar, mas como os alunos desenvolvem, eles vão atingir os níveis mais profundos de relaxamento. Esta habilidade física de relaxar é uma ferramenta muito útil para controlar o estresse. Um estudante deve se sentir relaxado e energizado após o treinamento. Se você achar que você deixe as sessões de treinamento sentindo tenso, as chances são que você tem usado de força em vez de habilidade.

Os Braços
As mãos devem estar na linha central, quando na posição de guarda da postura. Os cotovelos devem estar a frente a partir do corpo e do ângulo no cotovelo deve ser o ângulo final que é encontrada nas posições básicas de Wing Chun. As mãos devem estar relaxados com os dedos apontando para a frente. Polegares não deve ater-se.

Força do Pensamento
Até agora só temos falado sobre a posição em termos de estrutura física. Esta é apenas uma parte da imagem. A habilidade de dirigir a energia para frente através de um centro da linha é uma parte integrante da postura. Não é fácil de ensinar. O aluno deve aprender a concentrar-se se mantendo relaxado. Nos últimos anos como uma habilidade se desenvolve, o aluno vai sentir mais energia fluindo através de seu corpo como as restrições são eliminadas e os canais para dirigir essa energia se abrir. Talvez o maior benefício de ser encontrado na formação da postura, é melhorado a concentração mental. Aprender a usar a sua mente de forma mais eficiente é de um valor ainda maior do que a capacidade de defender a si mesmo.


Grandmaster Jim Fung


quarta-feira, 9 de maio de 2012

Má qualidade do sono e estresse podem elevar pressão arterial



As doenças crônicas podem ter seus efeitos minimizados através de uma pratica saudável de exercícios físicos, sendo assim de vital importância para uma melhor qualidade de vida e prolongamento da vida alguns elementos importantes, tais como, praticar atividade física regular e com professor capacitado, manter um ritmo de treino de pelo menos 20 minutos por dia em uma ou várias atividades físicas, entender bem qual o seu problema crônico para assim poder junto ao professor desenvolver um programa de atividades físicas específicas.

Combinar esses dois fatores pode agravar risco de hipertensão e infarto.

Um dia estressante depois de uma noite ruim de sono pode ser uma combinação especialmente maléfica para a pressão arterial, como mostra um novo estudo feito por cientistas da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos. Estudos anteriores já haviam mostrado que a falta de horas de sono pode afetar a pressão sanguínea, deixando pessoas mais propensas a problemas cardiovasculares, como pressão alta, infarto e derrame. Mas nenhum trabalho havia descoberto ainda como a relação entre sono e estresse pode ser prejudicial à saúde do coração.

Os pesquisadores recrutaram 20 adultos jovens saudáveis e mediram sua pressão arterial em repouso e depois de uma tarefa estressante. Uma semana mais tarde, depois de ficarem acordados a noite toda, os participantes voltaram ao laboratório para fazer os testes novamente.

A pressão arterial sistólica, o número mais alto em uma leitura da pressão arterial, subiu cerca de 10 pontos a mais quando as pessoas que foram privadas de sono estavam passando por situações estressantes. O aumento de 10 pontos na pressão pode até não parecer muito, mas é um número alto para jovens e adultos saudáveis.

Embora os resultados sejam bastante claros, os cientistas afirmam que mais estudos precisam ser feitos com um maior contingente de pessoas para recolher melhores resultados. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, uma em cada cinco pessoas no mundo sofre de hipertensão, que é tratada, na maioria das vezes, apenas com remédios. Os autores do estudo defendem que, além do tratamento com drogas, alguns cuidados são determinantes, como dormir melhor e evitar situações estressantes.

Durma melhor
Aumentar a qualidade e as horas de sono pode ajudar a controlar problemas, como pressão alta, estresse e falta de memória. Veja algumas dicas para dormir bem e diminuir os riscos dessas complicações.

Mantenha a luz apagada: quando o cômodo em que dormimos está muito claro, o nosso corpo não produz a melatonina, o hormônio responsável pelo sono. Por isso, quanto mais escuro estiver o quarto, mas rápido uma pessoa dorme e melhor é a qualidade do sono.

Silêncio no quarto: o nosso sono é dividido em fases: o sono superficial e o sono profundo. É apenas na segunda fase que o corpo consegue recuperar as energias. Quando há uma alternância entre sons altos e baixos, o organismo fica em estado de alerta e não conseguimos passar para a fase profunda do sono.

Temperatura certa: deixar o quarto em uma temperatura amena também é importante na hora de dormir. O nosso metabolismo fica acelerado quando o cômodo está muito quente e abafado, o que diminui a qualidade do sono. Já um quarto muito frio pode causar tremores e contrações musculares durante a noite que, assim como a variação do som, fazem com que o nosso corpo tenha dificuldade de entrar na fase de sono profundo.

Escolha bem seu travesseiro: de maneira geral, o travesseiro deve ficar entre cinco e 10 centímetros de altura, para que a coluna de quem está dormindo fique em uma posição confortável.

Colchão: assim como o travesseiro, escolher bem um colchão deve ser prioridade na hora de montar um quarto. Pessoas com problemas na coluna devem tomar ainda mais cuidados, já que são mais sensíveis à qualidade do colchão onde dormem.

Retirado de http://www.educacaofisica.com.br