.

.

FAÇA PARTE



Objetivos

Bem vindo ao meu BLOG, aqui falo dos mais diversos assuntos e temas referentes a minha área de atuação... tais como:

Artes Marciais, em especial do Kung Fu Wing Chun, de maneira informativa, através de artigos, curiosidades, etc...

Também sobre os mais diversos temas relacionados a Educação Física e Saúde em geral, que estão dentro da minha formação acadêmica...

Ainda mais, informações e super dicas sobre tudo que eu gosto e curto fazer...

Para o efeito, trago no BLOG informações práticas tais: como teoria, técnicas, treinamentos, endereço da minha academia, possíveis parcerias, etc. Aqui o leitor poderá contatar-me através do meu E-mail/Messenger: jocerlan23@hotmail.com ou pelo Fone: (82) 98828-4386.

LEIA SOBRE MINHA HISTÓRIA NO WING CHUN



sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Andy Hug

Post em homenagem ao que foi para mim o melhor lutador de todos os tempos, não apenas pelas qualidades marciais, mas também pela figura que o mesmo representou para muitos, até hoje uma inspiração para mim quando treino, dou aulas ou até mesmo quando vou lutar, seja por diversão ou competindo, eis um belíssimo conteúdo que li sobre Andy Hug retirado de site 'http://www.kyokushinparana.com.br', achei que foi um excelente conteúdo sobre esse que para mim é um herói das artes marciais, espero que gostem também e que ao ler pesquisem mais e aprendam que é possível ser um grande lutador e cultivar boas qualidades e servir de exemplo independente do estilo marcial, pois devemos sempre copiar os bons exemplos.
Jocerlan Brandão

ANDY HUG (1964-2000)

Andy Hug nasceu no dia 7 de Setembro de 1964 numa pequena vila chamada Wohlen na Suíça. Sua mãe foi incapaz de criá-lo e ele foi dado para um orfanato. Assim Andy Hug passou os primeiros anos de sua vida num orfanato, até que sua avó, ganhou sua guarda, aos 03 anos de idade.

Quando Andy Hug estava com a idade de 10 anos, um amigo levou-o a assistir um treino de Karate Kyokushinkaikan. Assim Andy começou a treinar e a gostar dos treinamentos rigorosos do Kyokushinkaikan. Andy Hug evoluiu rapidamente em seus treinamentos e começou a gostar das competições de combate – Kumite. Quando ainda era juvenil, tanto destaque obteve, que ele pediu a Federação Européia para poder lutar nas categorias adultas. E Andy Hug ganhou também nas categorias adultas de Karate Kyokushinkaikan.


Andy Hug tinha 19 anos quando lutou pela primeira vez no Japão, no 3º Campeonato Mundial de Karate Kyokushinkaikan em 1983. Andy era um talento nato, e espantou o mundo inteiro do Kyokushinkaikan com suas habilidades e técnica de combate originais (as quais ele mesmo aperfeiçoara).

Quatro anos mais tarde, no 4º Campeonato Mundial de Karate Kyokushinkaikan em 1987, Andy Hug demonstrou ao mundo e ao Mestre Masutatsu Oyama, o seu famoso chute: KAKATO OTOSHI GERI. Este chute devastador aperfeiçoado por ele, conseguiu adeptos em todo mundo. Neste 4º Campeonato Mundial de Karate Kyokushinkaikan, Andy Hug luta com nomes famosos do Kyokushinkaikan como Akira Matsuda e Ademir da Costa (que superou o teste das 100 lutas), chegando a Vice-colocação.


Neste Campeonato Mundial, os dois melhores lutadores técnicos, fizeram uma final emocionante , de um lado Andy Hug e do outro Akiyoshi Matsui. Era a primeira vez sempre que um lutador não-Japonês estava em um final de Campeonato Mundial Absoluto. Até hoje todos comentam esta final, visto que nenhum atleta europeu e não japonês fizera uma final mundial. Dois atletas altamente técnicos e jovens, mostraram ao mundo as novas gerações técnicas do Karate Kyokushinkaikan. Andy abriu uma nova visão para lutadores europeus e ocidentais, e mostrou ao mundo que treinando duro, com garra e afinco e ainda contando com habilidades verdadeiras, qualquer um poderia ser um verdadeiro campeão. Para muitos, Andy Hug foi o vencedor verdadeiro da final do 4º Campeonato Mundial de Karate Kyokushinkaikan, e deveria ter sido o campeão do torneio. Neste mesmo ano, ele adentrou a Organização Seidokaikan, Andy Hug sagrou-se Campeão Mundial, fazendo a final com Taiei Kim. Apesar das regras serem parecidas com o do Kyokushinkaikan, Andy Hug adaptou-se muita bem a regra da Seidokaikan, onde valia segurar o kimono, a cabeça do adversário para a aplicação de golpes.
Um ano mais tarde, em 1993, Andy Hug estava na semi final, onde venceu por nocaute o famoso atleta da Seidokaikan Nobuaki Kakuda. A final era iria confrontar-se com o Campeão Japonês da Seidokaikan Masaaki Satake. Era um final onde Andy Hug controlou a luta do começo ao fim! Andy Hug chegou a acertar um Kakato Otoshi Geri na cabeça de Satake, mas ele estava lutando contra o ídolo local e dentro da Organização Seidokaikan. Após 03 rounds de prorrogação (02 de Karate e 01 de Kickboxing), a decisão foi pro tameshiware (quebramentos). Andy Hug perdeu, mas ganhou o coração dos japoneses, o qual o apelidaram de: O samurai com olhos azuis.


Em 1993 Andy Hug adentrou a Circuito de Lutas K-1, pelas regras do Kickboxing Japonês (idêntico ao Muay Thai, mas sem o uso de cotoveladas). Em novembro 1993, Andy estreou contra Ryuji Murakami (Shidokan Karate), vencendo no primeiro round. Aí começava a carreira do showman Andy Hug e sua popularidade começara a se arrastar em todo o Japão. Mas era não somente seu famoso chute “Kakato Otoshi Geri”, mas também sua técnica, força, garra, humildade, espírito e calor humano, que ganharam o respeito profundo de seus oponentes e o amor profundo de seus admiradores.

No Japão Andy Hug recebeu o título de "Samurai" que é uma distinção de grande honra. Kancho Kazuyoshi Ishii, (Mestre da Seidokaikan e o promotor do K-1 no Japão) diz que a razão do porque que o povo japonês admira Andy; é porque ele possui algo que o japonês respeita: um grande coração, generosidade, grande força e uma vontade de ferro. Desde criança Andy Hug, foi inspirado no filme "Rocky" que o fez treinar arduamente, para transformar-se num campeão do mundo. Andy Hug fez por merecer todos os títulos que ganhou tanto no Karate Kyokushinkaikan como no Karate Seidokaikan.

Em 1996, ele foi considerado o melhor lutador marcial do mundo.


Andy Hug foi campeão do circuito K-1 em 1996, numa luta histórica contra Mike Bernardo, foi finalistas nos anos de 1997 e 1998. Ele também foi Campeão Mundial Peso Pesado da Organização UKF, da WMTC e da WKA na modalidade Muay Thay tanto Europeu como Mundial.

Andy estava em Japão quando teve um colapso, foi feito exame médico no Nippon Medical School Hospital. Os médicos encontraram um tumor do lado esquerdo de sua garganta, e eles diagnosticaram como Leucemia.
O tratamento começou imediatamente, incluindo a Quimioterapia. Andy soube que estava seriamente doente, e assim que contactou sua esposa Ilona pelo telefone para dizer-lhe a notícia sobre sua saúde e sua condição. Andy disse a Ilona que não retornaria a Suíça, mas que permaneceria no Japão. Andy disse: O Japão é o meu repouso, e aqui eu permanecerei e lutarei contra a doença.

Em 21 de Agosto às 9 :00 da manhã Kancho Ishii visitou Andy Hug no hospital. De acordo com Kancho Ishii, falaram sobre os Torneios de K-1 em Yokohama do dia 20 de Agosto, a qual Francisco Filho havia ganhado. Andy Hug disse também a Ishii que se morresse, gostaria de morrer no Japão.
Numa quinta-feira, 24 de Agosto de 2000, às 18:21horas, Andy Hug veio a falecer aos 35 anos de idade. De acordo com a tevê japonesa, o coração de Andy parou três vezes, mas de algum modo os doutores conseguiram ressuscitá-lo. Mas na quarta vez o coração de Andy parou de vez, os doutores tentaram reanima-lo, mas infelizmente não o conseguiram.

Há precioso e poucos heróis neste mundo, e nós tivemos o privilegio de conhecer uma pessoa especial como Andy Hug. Faltava apenas algumas semanas para completar o seu 36 aniversário, quando ele morreu de repente.

A comunidade das Artes Marciais perdeu um grande aliado em prol de nossa causa , mas deixa uma lição pra vida inteira.

E para todos que o admiravam em suas lutas, lembrarão como um verdadeiro samurai, que apesar de sua estatura média, vencia grande adversários com sua excelência técnica, disciplina, garra, sabedoria e sobre tudo humildade.